Sumário Econômico 1521

Percentual de famílias com contas em atraso recua pelo quinto mês consecutivo em fevereiro de 2018 - O percentual de famílias que relataram ter dívidas entre cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro alcançou 61,2% em fevereiro de 2018, o que representa uma queda em relação ao patamar observado em janeiro de 2018. Houve alta, porém, em relação a fevereiro de 2017, quando o indicador alcançou 58,7% do total de famílias. Acompanhando a queda do percentual de famílias endividadas, o percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso também diminuiu em fevereiro de 2018, na comparação mensal, passando de 25,0% para 24,9% do total.

Workshop – Visão 2035: Brasil Desenvolvido - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) realizou, no dia 5 de março de 2018, o workshop Visão 2035: Brasil Desenvolvido, cujo objetivo foi apresentar e discutir, a partir de diferentes visões institucionais, o conteúdo do documento Panoramas Setoriais, elaborado pelo BNDES, que discorre sobre as perspectivas, as oportunidades e os desafios para o planejamento de setores-chave da economia brasileira, com horizonte na década de 2030. Os participantes dividiram-se em seis grupos de discussão incumbidos de debater setores específicos da atividade econômica, conforme a seguir: Grupo 1 – Logística, Energia, Petróleo e Gás; Grupo 2 – Papel e Celulose, Química, Mineração e Metalurgia; Grupo 3 – Economia Criativa, TICs e Saúde; Grupo 4 – Automotivo, Bens de Capital, Aeroespacial e Defesa; Grupo 5 – Complexo Agroalimentar, Bebidas e Biocombustíveis; e Grupo 6 – Mobilidade Urbana, Resíduos Sólidos Urbanos e Água e Esgoto.

Trabalho intermitente no Brasil: o que mostram as primeiras estatísticas - A Lei nº 13.467, em vigor no Brasil desde 11 de novembro de 2017, trouxe mudanças importantes à legislação do trabalho no País. O trabalho intermitente é uma nova modalidade de contrato possível entre empregador e empregado, em que empresas podem contratar funcionários com carga horária indefinida, esporadicamente ou por algumas horas, e remunerá-los apenas pelas horas trabalhadas (salário-hora). Ou seja, a empresa está livre para chamar o trabalhador apenas quando houver demanda, quando ele for necessário.

Download

  • Sumário Econômico - Nº 1521 | Download

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.