CNC reúne ministros do Trabalho do Brics

AddToAny buttons

Compartilhe
20 A 21 set 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Valdeci (D) brinda com diplomatas o sucesso da reunião dos Brics
Valdeci brinda com diplomatas o sucesso da reunião dos Brics
Crédito
Edgar Marra

20/09/2019

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) promoveu, em 19 de setembro, jantar que reuniu ministros do Trabalho e secretários de governo dos cinco países que integram o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Foi mais um encontro prévio à XI Cúpula, que será realizada em Brasília, em 13 e 14 de novembro, no Palácio Itamaraty, sob o lema “Brics: crescimento econômico para um futuro inovador”

O 1º-vice-presidente da CNC, Valdeci Cavalcante, recebeu o ministro Thulas Nxesi, da África do Sul; o secretário de Estado e vice-ministro Andrev Pudov, da Rússia; o vice-ministro You Jun, da China; e o secretário Ram Kumar Gupta, da Índia. Compareceu também o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Silva Dalcomo.

Estavam presentes ainda Marcelo Abi-Ramia Caetano, secretário-geral da Associação Internacional de Seguridade Social; Moussa Oumarou, diretor-geral adjunto de Operações e Parcerias de Campo da Organização Internacional do Trabalho (OIT); e Luís Maurício Junqueiro Zanin, diretor interino da Confederação Nacional dos Municípios.

Anfitrião do evento, Valdeci Cavalcante representou o presidente da entidade, José Roberto Tadros, que não pôde comparecer. Ele disse que o encontro buscou aprimorar o relacionamento empresarial, “fortalecendo, com a experiência de nações amigas, a economia, a educação, a agricultura, o comércio e a indústria”.

Para Cavalcante, “é muito saudável compartilhar iniciativas com nações que estão aprimorando a sua estrutura de governança. O Brasil só tem a ganhar estreitando relações com o Brics”.  

É a primeira etapa preparatória para um grande evento que ocorrerá que vai trazer para o empresariado e para os trabalhadores grandes incentivos para o fortalecimento de capital e trabalho.

Agenda de trabalho

O secretário Bruno Dalcomo considerou muito importante o encontro, ainda mais por estar o Brasil na presidência temporária em 2019. “É um momento em que os países ajustam as agendas de trabalho afins, levando em conta as características de cada um, para desenvolver estudos conjuntos e estruturar posicionamentos comuns para futuras defesas em organismos internacionais.”

Segundo Dalcomo, estar ao lado de países tão relevantes no contexto internacional é algo muito importante para o Brasil. “Estamos falando de um grupo de nações que ocupa pouco mais de um quarto da área total do Planeta, reúne quase 43% da população mundial e é responsável por cerca de 22% do Produto Interno Bruto (soma de todos os bens e serviços produzidos).

O secretário do Trabalho elogiou a CNC, “parceira de primeira hora em toda essa agenda que o Brasil vem empreendendo de retomada de investimentos”. O governo, finalizou, está focado na geração de emprego e renda, na  simplificação e desburocratização da máquina pública, como forma de reduzir o grande contingente de 12,5 milhões de trabalhadores desempregados. “É um trabalho duro que será vencido com contribuições de bons parceiros como a CNC.”

Ao jantar compareceram ainda a subchefe de Gabinete da Presidência da CNC, Cristinalice Oliveira; a chefe da Divisão Sindical, Patrícia Duque; e o chefe da Assessoria de Gestão das Representações, Aurélio Rosas.