Prêmio vai reconhecer melhores práticas empresariais em equilíbrio trabalho-família

AddToAny buttons

Compartilhe
19 A 20 fev 21
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Concurso é promovido Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e os interessados têm até 27 de março para fazer inscrições
Concurso é promovido Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e os interessados têm até 27 de março para fazer inscrições
Crédito
Shutterstock

Estão abertas as inscrições para a 1ª edição do Prêmio Melhores Práticas em Equilíbrio Trabalho-Família. A distinção é promovida pela Secretaria Nacional da Família, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNF/MMFDH). Os interessados têm até 27 de março para efetivar as inscrições.

O tema dessa edição é: “Implementação de boas práticas que favoreçam o equilíbrio entre o trabalho e a família no contexto da pandemia de Covid-19”. O Prêmio vai reconhecer as melhores práticas em equilíbrio trabalho-família praticadas por empresas privadas e estatais do Poder Executivo Federal, Estadual, Distrital ou Municipal. Os interessados devem se inscrever, por meio de formulário eletrônico, no site do MMFDH.

Cada empresa pode inscrever uma única iniciativa adotada em decorrência da pandemia de Covid-19. Essa iniciativa pode ser composta de uma ou até cinco práticas que tenham promovido o equilíbrio entre trabalho e família. Os critérios de avaliação são: a criação de valor social, eficácia, inovação, possibilidade de ser replicado e voluntariedade.

Reconhecimento

A empresa candidata também deve escolher uma categoria de participação. São elas: “Microempresa e Empresa de pequeno porte”; “Empresa privada de médio porte”, “Empresa privada de grande porte”; e “Empresa estatal do Poder Executivo Federal, Estadual, Distrital ou Municipal”. Serão selecionadas as três melhores iniciativas em cada categoria.

Além da distinção, as vencedoras terão reconhecimento público das iniciativas premiadas; publicação da lista das melhores práticas premiadas em Portaria do Ministério; realização de ações de fomento (não financeiro) das melhores práticas premiadas; e direito ao uso da marca em seus meios de comunicação e junto aos seus fornecedores, prestadores de serviço e clientes.

Selo Empresa Amiga da Família

Em 2019, o MMFDH lançou o Selo Empresa Amiga da Família, que reconheceu as instituições que adotaram uma série de medidas em benefício do equilíbrio entre trabalho e família. A Merck, empresa multinacional que atua há 95 anos no Brasil e há 350 anos em nível global, foi uma das organizações que receberam a chancela, por ter se comprometido a implementar ações que proporcionem esse equilíbrio.

Após esse compromisso firmado com o MMFDH, a Merck conseguiu colocar algumas dessas ações em prática. Joseph Uzoukwu atua como Gerente de Produto da empresa e vive na pele os desafios e benefícios do trabalho em casa. Dividindo as atribuições do lar com a esposa e cuidando da filha, de um ano e nove meses, ele destaca a importância do suporte da empresa empregadora no processo.

“Fico feliz em trabalhar em uma empresa que pensa nos funcionários. Houve a criação de um comitê de crise para que fosse possível avaliar os próximos passos e estabelecer uma comunicação melhor com os colaboradores. O comitê enviou cadeiras do escritório para os funcionários, além de notebooks para quem não tinha equipamento para trabalhar em casa”, disse.

Para ele, apesar dos ruídos e mais distrações, estar em home office trouxe muitos benefícios. “Contribui para a saúde do funcionário e para a saúde organizacional. Ganhamos um tempo maior com a família, ganhamos em produtividade e aumentou meu convívio familiar. São questões que temos que levar em consideração. Entendo que a empresa e o restante do ambiente são favorecidos com isso”, acredita Joseph.

Enquanto o Selo Empresa Amiga da Família reconhece empresas que adotam uma série de iniciativas em prol do equilíbrio trabalho-família, o Prêmio Melhores Práticas vai reconhecer iniciativas específicas.