Projeto proíbe órgãos públicos de comprar bebidas e produtos alimentícios importados

AddToAny buttons

Compartilhe
13 A 14 ago 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Projeto proíbe órgãos públicos de comprar bebidas e produtos alimentícios importados
Projeto proíbe órgãos públicos de comprar bebidas e produtos alimentícios importados
Crédito
Carlos Terra

O Projeto de Lei nº 3.827/2019 proíbe a aquisição de produtos importados em editais de licitação e contratos que envolvam a compra de bebidas e produtos alimentícios por órgãos públicos. Em análise na Câmara dos Deputados, o projeto acrescenta a medida à Lei de Licitações (Lei nº 8.666/1993).

Autor da proposta, o deputado Bosco Costa (PL-SE) explica que “órgãos de cúpula da administração pública, no exercício da atividade de relacionamento e representação institucionais, realizam eventos e cerimônias em que são oferecidas refeições ou lanches, a depender do caso”.

“Entendemos que isso é necessário, mas, para preservação da moralidade administrativa, consideramos não ser adequada a aquisição de produtos de alta gastronomia importados, totalmente destoantes do que é consumido pela maioria dos cidadãos brasileiros”, argumentou.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara