Alunos do Senac-MS promovem Feira de Vinho

AddToAny buttons

Compartilhe
11 A 12 set 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A primeira turma de Sommelier do Senac-MS certificou 17 alunos
A primeira turma de Sommelier do Senac-MS certificou 17 alunos
Crédito
Senac-MS

11/09/2019

A primeira turma de Sommelier de Mato Grosso do Sul comemorou o encerramento das aulas de forma inovadora. Os alunos do Senac foram expositores no Wine Festival, uma feira de vinhos de 10 países, com destaque para os originários dos EUA, Chile, Brasil e Argentina. Tudo isso para agradar ao paladar de 80 convidados, que puderam degustar mais de 20 rótulos de bebidas. “O objetivo foi colocar os conhecimentos dos alunos à prova, fazendo com que convidados interagissem com eles, os questionassem e também se interessassem sobre o tema”, afirma o coordenador de bebidas e alimentos do Senac Turismo e Gastronomia, Jonas Eduardo do Nascimento Barbosa.

Para o presidente do Sistema Fecomércio-MS, Édison Araújo, que também é vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o curso inédito evidenciou uma demanda de mercado e também de interesse do público comum em se especializar na área. “Estamos falando de profissionais liberais que estão conhecendo um segmento fascinante, que é o estudo de vinhos, além de maîtres e garçons que estão se qualificando, pensando em um cliente exigente do Estado”, destacou.

O diretor regional do Senac-MS, Vitor Mello, contou que tanto a estrutura do restaurante quanto a da escola só foram criadas em razão da qualificação profissional dos alunos. A instituição tem docentes com experiência prática em restaurantes da Europa e que aplicaram o conhecimento na elaboração do curso de Sommelier. 

O curso, com 132 horas aulas, já tem uma segunda turma prevista. De acordo com a gerente da unidade, Roberta Ávalos, já há fila de espera. “Temos empresários, amantes da bebida e pessoas que querem atuar no mercado de trabalho, seja como sommeliers, seja como consultores, já que o curso do Senac também tem a proposta de ensinar a elaborar cartas e gerir estoques.”

O embaixador da marca Catena Zapata, Marcelo Vilhena, prestigiou o evento. Ele acredita que as mídias sociais tiveram um papel importante na divulgação do portfólio de vinhos existentes, fazendo aumentar o interesse pela bebida. E um dos reflexos é o interesse também pela formação de sommelier, a qual julga ser de importância. “A iniciativa do Senac é destaque para a cidade. Profissionaliza o setor, gera procura pelo público consumidor para frequentar restaurantes; para restaurantes esse movimento resulta em posicionamento no mercado. É toda uma cadeia que sai fortalecida. ”

O representante da importadora Mistral, em Mato Grosso do Sul, Douglas de Jesus Mamoré Jr., atuante no mercado desde 2005, afirmou que nunca se propôs a vender vinho. “Eu vendo paixão e, por isso, ver uma escola comprometida e fazendo um trabalho pioneiro com relação à profissionalização desse segmento é muito satisfatório. Imagina o impacto que esses sommeliers terão no mercado, com o conhecimento muito técnico e muito bem conduzido pela equipe de instrutores do Senac. É muito bom acompanhar o crescimento do interesse pelo vinho, e eventos como essa feira só eram feitos em capitais maiores. É um orgulho ver em Campo Grande.”

A primeira turma de Sommelier certificou 17 alunos, e o encerramento ocorreu no Restaurante Terra das Águas do Senac, no dia 28 de agosto.