Em parceria com a Fecomércio, governo goiano lança programa para micro e pequenas empresas

AddToAny buttons

Compartilhe
05 A 06 out 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A medida vai auxiliar na recuperação dos negócios, fortemente impactados pela  pandemia da covid-19
A medida vai auxiliar na recuperação dos negócios, fortemente impactados pela pandemia da covid-19
Crédito
Fecomércio-GO

O governador Ronaldo Caiado lançou, em Itumbiara, no dia 21 de outubro, os programas Mais Crédito e Mais Empregos, desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Retomada, em parceria com a Fecomércio-GO. A medida vai auxiliar empresas, em especial micro e pequenas, a se restabelecerem das consequências provocadas pela pandemia de covid-19.
“Vamos recuperar a parte empresarial, que emprega. Vocês geram riqueza, e temos que dar apoio a todos vocês”, disse Caiado durante o discurso. “Essa parceria visa preparar e sinalizar alternativas para que micro e pequenos empresários acreditem no potencial que têm para voltar às suas atividades”, ponderou.
O governador ressaltou que a conjugação de forças dos mais variados setores, com independência, é fundamental para o desenvolvimento do Estado. “Não tem que ter ‘toque de clarineta’ quando o governador passa. Ouvir outras visões é importante para alcançar nosso único objetivo: melhorar a qualidade de vida da população”, sublinhou.
Na mesma linha do governador, o presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, elencou o estabelecimento de parcerias como uma das principais ferramentas para que Goiás supere a crise provocada pela pandemia. “Esta manhã é histórica, porque vamos construir, junto ao Estado, um novo ambiente de negócios”, pontuou. O objetivo, continuou, é fazer com que as empresas permaneçam abertas e voltem a crescer. “E não há como isso acontecer se não houver créditos, e não haveria como ter créditos com dívidas”, explicou, ao mostrar como os programas lançados preenchem uma lacuna que não conseguiria ser solucionada apenas com os esforços do comércio.  
“O caminhar junto” do poder público com a iniciativa privada já é responsável por novas propostas no Estado, que começam a ser descortinadas. O presidente Baiocchi disponibilizou a estrutura da Federação no interior goiano para que a GoiásFomento instale postos em todos os municípios. “Assim, os recursos chegam a mais empresários”, reforçou Baiocchi, que ainda elogiou a postura atuante do governador. 
Mais Crédito
O projeto oferece bancas de conciliação, negociação de dívidas entre instituições financeiras e uma maratona de acesso a linhas de crédito. A GoiásFomento é a principal parceira do programa desde que foi criado.
 “Em vez de baixar o valor de impostos para alguns, como era feito antigamente, o senhor vem e injeta capital no mercado, gerando mais renda e emprego”, assinalou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Itumbiara, Egídio Luiz Guizzetti Paiva.
Mais Empregos
O programa tem o propósito de conectar trabalhadores com as vagas de empregos e oportunidades de capacitação, de acordo com a demanda do mercado local. O objetivo é integrar captação de mão de obra com qualificação profissional.
O serviço orienta, por exemplo, os trabalhadores sobre os mais de 100 cursos gratuitos e on-line disponíveis no site do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), como marketing digital, planejamento estratégico do negócio, entre outros.
Os serviços oferecidos devem ser agendados.  As datas disponíveis são entre os dias 3 e 27 de novembro. Durante o mesmo período, haverá atendimento simultâneo em Itumbiara, Minaçu, Catalão, Rio Verde, Porangatu, Ceres, Mineiros, Goiânia e Anápolis.
Na primeira fase de operação dos programas Mais Emprego e Mais Crédito, a ação foi realizada em Goiânia, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), de 14 de setembro a 2 de outubro. Foram realizados, no período, 2.643 atendimentos.
Além da Retomada e da GoiásFomento, o Mais Crédito é realizado pelo Governo de Goiás em conexão com a Secretaria de Indústria Comércio e Serviços de Goiás (SIC), Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), Goiás Turismo e Saneago. Entre os parceiros do governo ainda estão Acieg, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Goiás (FCDL-GO), Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO), Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Banco do Brasil e Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial).