Fecomércio-DF é sede da primeira Oficina Participativa de Turismo de Negócios e Eventos

AddToAny buttons

Compartilhe
06 A 07 jun 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A especialista em Consultoria Turística e em Relações e Negócios Internacionais Vaniza Schuler ministrou a oficina que teve como tema: Captação 4.0 processos, cenários e desafios
A especialista em Consultoria Turística e em Relações e Negócios Internacionais Vaniza Schuler ministrou a oficina que teve como tema: Captação 4.0 processos, cenários e desafios
Crédito
Fecomércio-DF

Ampliar a captação de eventos no Distrito Federal foi o foco da primeira Oficina Participativa de Turismo de Negócios e Eventos, aberta dia 5 de junho, na sede da Fecomércio-DF. A iniciativa é uma ação conjunta entre a Câmara Temática de Turismo e Hospitalidade da Federação, o Sindicato das Empresas de Promoção, Organização, Produção e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Distrito Federal (Sindeventos-DF), a Secretaria de Turismo, o Senac-DF e o Sebrae no DF. O encontro tem como objetivo unir o setor privado e público para construir uma proposta que fomente a captação de eventos para o Distrito Federal.

A especialista em Consultoria Turística e em Relações e Negócios Internacionais Vaniza Schuler ministrou a oficina que teve como tema Captação 4.0 processos, cenários e desafios. O presidente do Sistema Fecomércio-DF, Francisco Maia, explicou que o setor de eventos movimenta toda a cadeira produtiva, além de gerar emprego e renda para a cidade. “A Federação do Comércio estará sempre de portas abertas para receber este tipo de encontro, me sinto muito feliz em ver as forças se aglutinando na luta pela busca de mais eventos para a cidade. Precisamos investir nesse setor”, destacou Maia.

O presidente do Sindeventos-DF, Luís Otávio Rocha Neves, apontou a importância do encontro, que reúne vários empresários do segmento, com o objetivo de debater as condições atuais e propor melhorias para fomentar o turismo local. “Eles sabem das dificuldades que enfrentamos no dia a dia e essa oficina é de grande valia para criar novas formas de captação de eventos para Brasília”, comemorou Luís Otávio.

Já a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, ressaltou que a secretaria está desde o início do governo conversando com o setor de eventos para definir um plano comercial com o objetivo de apresentar Brasília como uma cidade preparada para acolher mais eventos. “Precisamos fazer um vídeo sobre Brasília, um plano comercial para defender a cidade e dizer que Brasília está pronta para acolher eventos”, disse a secretária.

A diretora de Administração e Finanças do Sebrae no DF, Rose Rainha, disse que a ação faz parte do Investe Turismo, que é um programa criado pelo Ministério do Turismo, Embratur e Sebrae Nacional, que selecionou 158 municípios brasileiros que são beneficiados com um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para o setor de turismo. A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística. “É um prazer estar aqui na primeira oficina dentro do Investe, pois o nosso objetivo é fortalecer o setor de serviços”, apontou.