Fecomércio-MT conhece iniciativas desenvolvidas na Fecomércio-GO 

AddToAny buttons

Compartilhe
09 A 10 set 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Presidente da Fecomércio-MT diz que Goiás faz "renovação futurista"
Presidente da Fecomércio-MT diz que Goiás faz "renovação futurista"
Crédito
Silvio Simões

09/09/2019

O Sistema Comércio reúne a maior rede de empresários, sindicatos e federações do País, integrada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Nesse ambiente profícuo, a troca de experiências entre os estados é sempre produtiva. No dia 2 de setembro, a Fecomércio-MT esteve em Goiânia, conhecendo as iniciativas desenvolvidas pela gestão integrada Fecomércio-Sesc-Senac de Goiás.

O presidente mato-grossense, José Wenceslau Souza Júnior, esteve visitando o Sesc Cidadania, a Faculdade Senac, as futuras instalações da central administrativa do Sesc e do Senac, e conheceu detalhes técnicos da administração goiana, como a gestão compartilhada adotada pelo Sesc e pelo Senac. 

A comitiva de Mato Grosso para visita técnica incluiu também o diretor regional do Sesc, Carlos Alberto Tondati Rissato, a diretora regional do Senac, Eliana Salomão Santos, e o diretor e conselheiro Marco Sérgio Pessoz. 

“O presidente Marcelo Baiocchi está promovendo uma ‘renovação futurista’ no modelo de gestão, e estamos aqui para compartilhar essas novidades e levar o melhor para Mato Grosso”, disse Wenceslau.

O presidente da Fecomércio-GO disse que as mudanças da gestão adotadas se iniciaram desde que assumiu o Sistema Fecomércio, há pouco mais de um ano. “Começou no primeiro dia de trabalho. Já tínhamos a intenção de maximizar os nossos recursos, até pela ameaça de cortes”, informou, lembrando que, antes, até 72% da receita chegou a estar comprometida com pessoal. 

“Sabíamos que uma estrutura deste tamanho não sobreviveria por muito tempo, razão pela qual buscamos diminuir cada vez mais o custo da área-meio, sem prejudicar a área-fim, os serviços entregues”, afirmou.  

Para o diretor regional do Sesc e do Senac em Goiás, Leopoldo Veiga Jardim, é gratificante receber a comitiva de outro estado para apresentar o trabalho de gestão integrada. “Temos tido ganhos em escala e resultado na produtividade, o que tem feito com que a nossa entidade se destaque em resultados. E esperamos ter contribuído muito para o Mato Grosso”, destacou.