Programa de crédito da Fecomércio-SC oferece até 50 mil para micro e pequenas empresas

AddToAny buttons

Compartilhe
13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Programa CreSCer + Sustentável disponibiliza linhas de crédito de até R$ 50 mil com taxas e prazos diferenciados para as empresas associadas aos sindicatos filiados
Programa CreSCer + Sustentável, que disponibiliza linhas de crédito de até R$ 50 mil com taxas e prazos diferenciados para as empresas associadas aos sindicatos filiados
Crédito
Divulgação

A Fecomércio-SC lançou, no dia 27 de outubro, o programa CreSCer + Sustentável, que disponibiliza linhas de crédito de até R$ 50 mil com taxas e prazos diferenciados para as empresas associadas aos sindicatos filiados. O convênio entre a entidade e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) vai permitir que os recursos financeiros cheguem com mais rapidez ao caixa das micro e pequenas empresas, sem a necessidade de garantia real por conta do fundo garantidor.

Serão R$ 50 milhões em crédito para capital de giro por meio das linhas Recupera Sul (BRDE), Capital de Giro (BNDES) e FUNGETUR (Ministério do Turismo). Carência de 12 a 18 meses, prazo para pagamento das parcelas de 30 a 36 meses, taxas de juros atrativas e processo de contratação totalmente digital são alguns dos diferenciais.

“O objetivo do programa CreSCer + Sustentável é dar fôlego às empresas impactadas pela pandemia, fomentando a retomada econômica e a sustentabilidade empresarial”, avalia o presidente da Fecomércio-SC, Bruno Breithaupt.

O programa é exclusivamente voltado às empresas associadas aos sindicatos filiados à Fecomércio-SC. Entre os requisitos para adquirir o empréstimo estão regularidade cadastral aplicável, ter mais de dois anos de constituição, estar livre de débitos pendentes e não constar pedido de falência ou recuperação judicial.

Na primeira fase do programa, serão realizadas operações entre R$ 20 mil e R$ 50 mil, sem a necessidade de apresentação de garantias. Na segunda etapa, com data a definir, as operações serão acima de R$ 50 mil, com a exigência de garantias.