Sesc-BA inaugura Complexo em Feira de Santana

AddToAny buttons

Compartilhe
16 A 17 jul 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Sesc inaugura segunda unidade em Feira de Santana, na Bahia, o complexo tem mai de 5 mil m² de área construída
Sesc inaugura segunda unidade em Feira de Santana, na Bahia

O Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-BA inaugura, no dia 18 de julho, nova unidade do Sesc em Feira de Santana, na Bahia. O complexo com 5.665,74 m² de área construída composto por centro cultural e restaurante foi construído em terreno doado pela prefeitura e teve investimento de R$24,5 milhões. A equipe da nova unidade do Sesc  é formada por mais de 70 profissionais, entre técnicos e apoios administrativos.

O Sesc vem trabalhando pela expansão e interiorização dos centros de atividades em municípios considerados polos comerciais nas microrregiões do Estado. O novo complexo do Sesc será a segunda unidade em Feira de Santana e beneficiará o trabalhador e seus dependentes oferecendo acessibilidade e conforto. O nome da nova unidade homenageia o ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, que iniciou as ações de interiorização das entidades que compõem o Sistema Fecomércio Bahia.

A inauguração que será no dia 18 terá a presença do atual presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, do diretor regional do Sesc Bahia, José Carlos Boulhosa Baqueiro, conselheiros do Sesc, diretores da Fecomércio-BA e Senac, funcionários do Sistema, além de autoridades e imprensa. 

A partir do dia 19 de julho o Centro Cultural estará aberto à população com ampla programação nos dias 19, 20 e 21 de julho, que inclui oficinas, exibição de filmes, sarau e apresentações musicais. Entre os destaques estão o concerto “Um Poeta e Um Violão”, do cantor e compositor Renato Teixeira (SP), que trará em seu repertório clássicos como Romaria, Tocando em Frente e Casinha Branca; e o Grupo Wiyae, que através do Projeto Sonora Brasil, trará um repertório de músicas do povo indígena Tikuna e de outras etnias.