Sesc Roraima é finalista em duas categorias do Prêmio Impactos Positivos

AddToAny buttons

Compartilhe
05 A 06 out 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Sesc Roraima foi classificado em duas das quatro categorias da premiação: Impacto Social – com o projeto Mediação Cultural; e Impacto Cultural – com o projeto Roteiros Roraima
Sesc Roraima foi classificado em duas das quatro categorias da premiação: Impacto Social – com o projeto Mediação Cultural e Impacto Cultural – com o projeto Roteiros Roraima
Crédito
Divulgação

O Prêmio Impactos Positivos, do site Lugares Pelo Mundo, em parceria com a plataforma IFriend, é a oportunidade de dar visibilidade a todas as pessoas, projetos e organizações que trabalham em prol do mundo e da sociedade. E o Sesc em Roraima faz parte desse time em duas das quatro categorias: Impacto Social – com o projeto Mediação Cultural; e Impacto Cultural – com o projeto Roteiros Roraima.

Na primeira fase do prêmio, que escolheu os 12 finalistas de cada categoria, por voto popular, os projetos Roteiros Roraima e Mediação Cultural receberam 1.575 e 1.655 votos, respectivamente. Agora, nesta segunda fase, a votação do público será adicionada ao total de pontos dos jurados no evento final do prêmio, que acontecerá no dia 30/11, na plataforma Bureau Mundo. O júri avaliará valores, benefícios, facilidade e produtividade de cada projeto.

Rafael Pinto, analista de Cultura do Sesc e responsável pelo projeto Mediação Cultural, afirma que o objetivo do trabalho é promover diálogo com as pessoas e conectá-las com as obras para valorizar a identidade dos diferentes públicos que o Sesc recebe. “Vivemos em um território de tríplice fronteira, onde temos a forte presença dos povos indígenas, e a influência desses fluxos migratórios, sejam internos ou externos, contextualiza o hibridismo cultural de que é constituído o Estado de Roraima”, aponta.

“De modo geral, os Roteiros Roraima priorizam a valorização da cultura local por intermédio da atividade turística, pois, através desse contato e vivência nas comunidades, conseguimos cultivar um olhar diferenciado dos turistas e/ou visitantes para esses lugares que, normalmente, não são consolidados como destinos turísticos. Além de ser uma das formas de elevar a autoestima dessas comunidades, onde uma roda de conversa, por exemplo, revela a importância de compartilhar e enaltecer suas histórias e memórias”, explica Sabrina Viana, analista de Turismo do Sesc e responsável pelo projeto Roteiros Roraima.