Workshop sobre importação da China foi realizado em São Luís

AddToAny buttons

Compartilhe
24 A 25 jan 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Benefícios chineses, como a infraestrutura voltada para exportação e a ampla escolha de fornecedores foram descritos aos empresários
O processo de importação e os caminhos para as empresas maranhenses atuarem nesse negócio foram os principais pontos apresentados
Crédito
Fecomércio-MA

24/01/2020

Cerca de 200 empresários maranhenses participaram do Workshop “Como importar da China”, realizado em duas edições pela Fecomércio-MA, em parceria com a Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Energia (Seinc). No dia 21 de janeiro, o curso aconteceu em São Luís e, no dia 22 de janeiro, em Imperatriz, a segunda maior cidade do Estado.

O processo de importação e os caminhos para as empresas maranhenses atuarem nesse negócio foram os principais pontos apresentados durante o treinamento. Na abertura do curso em São Luís, o vice-presidente da Fecomércio-MA, Antonio de Sousa Freitas, ressaltou a importância do workshop para os empresários maranhenses.

“O nosso objetivo é criar novas oportunidades de negócios e fomentar o desenvolvimento comercial da nossa cidade e do nosso estado. Este workshop torna-se um importante momento para a identificação e formação desses novos empresários que irão criar pontes entre o Maranhão e o resto do mundo”, destacou Freitas.

Para iniciar o treinamento, o especialista e consultor na área de negócios com a China e a Ásia, empresário, investidor, escritor e palestrante, Lincoln Fracari, apresentou as principais características de importação da China, os principais produtos e motivos para importar.

Durante a apresentação, o especialista elencou os benefícios chineses, como a infraestrutura voltada para exportação e a ampla escolha de fornecedores. Além disso, explicou a evolução dos produtos da China e as principais dicas para reduzir erros na escolha dos produtos e a importância de ter conhecimento técnico e comercial da compra.

No segundo módulo do workshop, Fracari elucidou os motivos para começar a importar da China, destacando preços, fins comerciais e a questão da flexibilização. O especialista orientou ainda sobre o que o empresário precisa saber para começar a importar, o fluxo de pagamento em uma compra com a China, como encontrar fábrica e fornecedores e como calcular o preço do produto no Brasil.

“O Workshop busca preparar o empresário maranhense sobre o que ele precisa para começar a importar, com muita informação e base para decidir o momento certo para importação. A realização desse treinamento pela Fecomércio e pela Secretaria da Indústria e Comércio é uma iniciativa fantástica, no sentido de trazer conhecimento aos empresários e abrir portas para o crescimento e desenvolvimento do Estado”, esclareceu o especialista.

O workshop realizado em Imperatriz contou com a participação do vice-presidente da Fecomércio-MA, Vilson Maia, que efetuou a abertura ao lado do secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo. Essa edição teve apoio da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII/MA).

“É muito importante essa parceria com a Fecomércio-MA, no sentido de propiciar aos empresários de São Luís, Imperatriz e região o acesso a informações de como comercializar produtos não só da China como de outros países”, destacou Simplício Araújo.

Ministrante

O especialista Lincoln Fracari é fundador da China Link Trading e referência em negócio com a Ásia. Já fundou e dirigiu múltiplas empresas de diferentes segmentos no período em que morou no Vale do Silício, com o objetivo de ajudar empresários a fazer negócios com a China, e também intermediou negociações de diversas autoridades políticas e corporativas na China.