Ministério destaca conquistas em reunião do Conselho Nacional de Turismo

AddToAny buttons

Compartilhe
07 A 08 jun 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Representante da CNC, Eraldo Alves da Cruz, é homenageado durante a 54ª Reunião Ordinária do CNT
Representante da CNC, Eraldo Alves da Cruz, é homenageado durante a 54ª Reunião Ordinária do CNT
Crédito
Ministério do Turismo

Na 54ª reunião ordinária do Conselho Nacional de Turismo (CNT), realizada na quinta-feira (6), em Brasília, foi apresentada a nova marca do Ministério do Turismo, que pretende destacar o momento atual como positivo para o mercado de viagens no Brasil. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, apresentou as principais ações da pasta desde o início do governo Bolsonaro. Entre os avanços ressaltados estão a isenção de vistos para americanos, japoneses, australianos e canadenses; a abertura de 100% do capital para empresas de aviação estrangeiras e a aprovação da modernização da Lei Geral do Turismo pela Câmara dos Deputados, projeto que agora encontra-se no Senado Federal; e também as simplificações de licenças ambientais.

Homenagem ao representante da CNC no Conselho

Na reunião do CNT, que, além do ministro, contou com a presença do presidente da Embratur, Gilson Machado; de representantes de entidades do trade turístico de todo o País e dirigentes de Turismo dos Estados, o representante da CNC, conselheiro Eraldo Alves da Cruz, foi homenageado com uma salva de palmas pelos membros do Conselho Nacional de Turismo em reconhecimento à contribuição do decano e seu legado para o turismo nacional. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, dirigiu-se até o conselheiro e o abraçou, em agradecimento à sua dedicação ao setor.

Nova marca

Na ocasião, Marcelo Álvaro apresentou ainda a nova marca do Ministério do Turismo, com o mote A Hora do Turismo. A campanha retrata o trabalho do governo federal, em parceria com a iniciativa privada, para garantir o adequado aproveitamento do potencial do País e contribuir para o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda por meio da atividade turística. As peças podem ser acessadas em: http://www.turismo.gov.br/ahoradoturismo.html, sendo possível baixar materiais como a identidade visual da marca, banners, cards para redes sociais, fundo de palco para eventos, painéis e pôsteres, entre outros.

O ministro incentivou as entidades parceiras a aderirem à campanha. “O turismo entrou de forma concreta na agenda estratégica do governo do presidente Jair Bolsonaro, e por isso estamos vivendo um momento histórico. Os primeiros resultados já começaram a aparecer: o turismo cresceu 3,5% no primeiro trimestre. A parceria entre o setor público e a iniciativa privada é o único caminho para o desenvolvimento. É inegável que chegamos à Hora do Turismo”, declarou.

Medida provisória

Na ocasião, o ministro informou que o governo elabora uma Medida Provisória para contornar gargalos históricos do turismo, com a criação de áreas especiais de interesse turístico, a transformação da Embratur em agência de promoção internacional e a redução da tributação incidente sobre agências, operadoras de turismo e cruzeiros marítimos. “A primeira missão deste governo é não atrapalhar quem quer produzir. Por isso, estamos debruçados em projetos e programas que destravem a economia, gerando um ambiente de negócios frutífero ao empresário, ao investidor e o principal: cheio de oportunidades para os brasileiros”, frisou.