13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A premiação traz o ranking das empresas do País com os mais altos índices de satisfação dos seus colaboradores
A premiação traz o ranking das empresas do País com os mais altos índices de satisfação dos seus colaboradores
Crédito
Divulgação

Em cerimônia de premiação on-line, realizada no dia 1º de dezembro, a Fundação Instituto de Administração (FIA) e o Portal UOL anunciaram o Senac- RN como um dos 100 Lugares Mais Incríveis para Trabalhar no Brasil. 

A premiação traz o ranking das 100 empresas no País com os mais altos índices de satisfação dos seus colaboradores com base na pesquisa Employee Experience, elaborada por pesquisadores da FIA. 

Cerca de 320 empresas participaram da seleção do prêmio, que ocorreu entre os meses de agosto e setembro, contemplando um questionário respondido pelo RH sobre mais de 300 práticas de gestão e análise de um conjunto de 100 frases assertivas sobre clima e cultura corporativa, onde funcionários indicaram, em anonimato, se concordam ou discordam. 

O presidente da Fecomércio-RN, Marcelo Queiroz, destacou a importância da conquista em um cenário de desafios impostos pelos novos modelos de trabalho gerados em virtude da pandemia de covid-19. 

“Em 2019, o Senac- RN foi eleito no Guia Você S/A, pelo sexto ano consecutivo, como uma das 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil. Agora, em 2020, mesmo em meio a todos os impactos negativos causados pela pandemia de covid-19, o Sistema Fecomércio manteve seus esforços em oferecer aos seus colaboradores o melhor clima organizacional possível. Esse reconhecimento nacional ratifica a continuidade de um modelo de gestão que se preocupa em ouvir e desenvolver as melhores ferramentas para manter um excelente ambiente corporativo, mesmo em tempos de crise como a que enfrentamos neste ano”, declarou Queiroz. 

De 2014 a 2019, o Senac-RN foi eleito pelo Guia Você S/A – desenvolvido anualmente pelo Grupo Abril em parceria com a FIA – como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, na categoria Educação. A publicação traz o ranking das 150 melhores empresas, avaliadas com base no índice de felicidade – calculado por critérios que consideram a qualidade no ambiente funcional e na gestão de pessoas. 

 

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Evento, em parceria com o Senac-RJ, será gratuito e totalmente digital
Evento, em parceria com o Senac-RJ, será gratuito e totalmente digital
Crédito
Divulgação

De 8 a 10 de dezembro, os donos dos pequenos negócios de bares, restaurantes, padarias, lanchonetes e delicatessen poderão participar do evento Sebrae Negócios: Food Service. Durante os três dias, os empreendedores participarão de uma programação virtual diferenciada e sessão de negócios. As palestras e oficinas serão conduzidas por grandes nomes e CEOs de empresas de food service como Fazenda Futuro, Grupo Trigo, Cacau Show, Outback, supermercado Zona Sul e Hotel Fasano, além de empresários como Claude Troigos.

Ao longo do ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, 44% dos empreendedores fluminenses entenderam que a inovação era uma oportunidade para a recuperação do seu negócio. Um dos setores que mais se reinventaram no período foi o setor de alimentação fora do lar. Atualmente, o Estado do Rio de Janeiro conta com cerca de 194 mil pequenos negócios voltados para esse segmento. Pensando em atender a essa demanda, o Sebrae Rio e o Senac-RJ realizam uma programação 100% digital e gratuita, com o objetivo de criar uma conexão com novos fornecedores e oferecer aos participantes informações sobre novas tendências, cardápios, produtos e as principais tecnologias para o segmento.

Novas parcerias

“A maior lição que esta crise trouxe é que as empresas precisam aprimorar sua gestão empresarial. A partir disso, o empresário precisa agir de forma assertiva. Os empreendedores terão a oportunidade de conhecer e aprender com grandes referências do setor. Toda a programação foi estruturada para o fortalecimento das marcas. Os empresários conhecerão novos produtos ou serviços, além de ampliar seu networking, com possibilidade de gerar novos negócios durante o evento”, explica Mariangela Rosseto, coordenadora de Comércio e Serviços do Sebrae Rio.

Para criar um vínculo de novas parcerias comerciais, o Sebrae Rio realizará cinco salas de negócios, com aproximadamente 80 fornecedores. Dentro desse ambiente virtual, o empresário terá a oportunidade de negociar melhores condições em produtos ou serviços diretamente com fabricantes e distribuidores, ampliando e conhecendo novos fabricantes. Nos últimos meses, muitos empreendedores passaram a valorizar o produto local na gastronomia. Durante o evento, as empresas de food service poderão se relacionar com produtores rurais e empresas da agroindústria.

As oficinas gastronômicas foram elaboradas para trazer novas ideias, tendências e oportunidades para otimizar o cardápio, aprimorar o processo de cozinha e do custo de mercadoria vendida. Outro destaque serão as salas de tecnologias, onde o empreendedor poderá ter contato com soluções de gestão e operação de negócio.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Valdeci Cavalcante, presidente da Federação: Proximidade do Natal fará com os números melhorem ainda mais
Valdeci Cavalcante, presidente da Federação: Proximidade do Natal fará com os números melhorem ainda mais
Crédito
Fecomercio-PI

O presidente da Fecomércio-PI, Valdeci Cavalcante, analisou os dados das vendas do comércio de bens e serviços no estado durante o ano de 2020. De acordo com ele, a pandemia afetou consideravelmente a economia do Piauí, mas aos poucos empresas e instituições estão se restabelecendo. A expectativa do presidente é que com a proximidade do Natal os números melhorem ainda mais.

“Estamos finalizando este ano, que foi completamente atípico por conta da pandemia da covid-19 que assolou o mundo. A economia de todo o planeta foi afetada e, aos poucos, as empresas e instituições estão se recuperando. Aqui no Piauí, a Federação do Comércio lutou muito junto com os empresários para que não parássemos e pudéssemos minimizar os danos no comércio local de bens, serviços e também no setor de turismo”, disse.

Valdeci afirmou que, de acordo com dados dos índices de volumes de vendas e prestação de serviços, colhidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o início do ano manteve a média dos anos anteriores; porém, a partir de março, quando se iniciou a pandemia, houve uma queda de 3,9% nas vendas do comércio e setor de serviços em relação ao mesmo período do ano passado. Nos meses de abril e maio, no auge da pandemia e quando foi decretado lockdown em várias cidades, a queda foi ainda maior: de 22,8% em abril e 20,4% em maio.

Setembro foi o melhor mês até agora

No mês de junho, quando a pandemia já estava mais controlada, os números apresentaram uma melhora e houve aumento de 16,8% no volume de vendas em relação ao mesmo período do ano passado. O melhor mês registrado este ano, até agora, foi setembro, quando houve um aumento de 23,9% nas vendas do comércio varejista, no Piauí, em comparação ao mesmo mês do ano passado. “Nossa expectativa é que esse número cresça agora em dezembro com as vendas do Natal”, disse Valdeci.

Sobre o pagamento de impostos no estado, incluindo tributos como ICMS e IPVA, dentre outros, os dados apontam que no início do ano, em janeiro, o montante arrecadado foi de R$ 607.513.450,00. “O que pagamos de impostos estaduais até o mês de outubro foi de R$ 4,27 bilhões , o que indica uma queda de 1,39% em relação a 2019, quando arrecadamos, até o mesmo mês, o total de R$ 4,33 bilhões , ou seja, nós representamos mais de 80% da arrecadação do estado”, explicou Valdeci.

Esta recuperação econômica se reflete também nos empregos. No último mês de setembro, de acordo com estatísticas do novo Caged, entraram no mercado de trabalho do Piauí 2.172 pessoas no setor do comércio de bens e 2.698 pessoas no setor de serviços, totalizando 4.870 novos postos de trabalho gerados. Ainda sobre setembro, até esse mês existia no Piauí um estoque de 92.914 vagas ocupadas no setor do comércio, com destaque para Teresina, com 50.850 vagas. O segmento de serviços aponta com 134.594 empregados, dos quais 98.134 são de Teresina. “Esses números indicam que nosso setor emprega diretamente, com carteira assinada, 227.508 trabalhadores, dos quais 44,5% só na capital. Poderia ser muito mais, não fossem os maus governantes que tivemos”, observou.

Encerrando suas análises, Valdeci pediu que os empresários do interior do estado se unam aos novos prefeitos eleitos e exijam deles mais emendas parlamentares e outros recursos públicos para suas cidades. “Senhores gestores públicos, a melhor forma de combater a miséria e a pobreza é incentivar aqueles que produzem riqueza”, finalizou.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Evento promove a troca de conhecimento e busca entender os desafios das novas formas de identificação digital
Evento promove a troca de conhecimento e busca entender os desafios das novas formas de identificação digital
Crédito
Divulgação

O presidente da Fenacon, Sérgio Approbato Machado Jr., participou do webinar Novas Formas de Identificação Digital e os Impactos no Mercado Contábil e Jurídico, promovido, no dia 26 de novembro, pela Dinamo Networks, especialista em segurança de identidade digital e criptografia.

Pela sensibilidade dos dados, a área contábil deve atuar com tecnologias de segurança avançadas que driblem possíveis ataques de hackers e vazamento de dados. Com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), os especialistas do setor devem adotar tecnologias com mecanismos de segurança ainda mais rígidos para estar em conformidade com a lei.

Pensando nisso, a webinar reuniu presidentes dos órgãos que regem o setor e especialistas jurídicos para falar da tecnologia HSM (Hardware Security Module), considerada a mais segura para guarda e rastreabilidade de chaves criptográficas. O objetivo é promover a troca de conhecimento, entender quais são os desafios das novas formas de identificação digital e, assim, auxiliar os profissionais da área a identificar o plano de segurança que se adapte melhor à realidade das contabilidades.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Programa vai apresentar novos benefícios, soluções e oportunidades para a categoria, especialmente para os associados dos sindicatos estaduais.
Programa vai apresentar novos benefícios, soluções e oportunidades para a categoria, especialmente para os associados dos sindicatos estaduais.
Crédito
Divulgação

O canal da Fenacor no Youtube terá mais uma grande atração para os corretores de seguros de todo o Brasil. No dia 10 de dezembro, estreia o programa Conexão Fenacor – Qualificação e Negócios, que, a cada edição mensal, vai apresentar novos benefícios, soluções e oportunidades para a categoria, especialmente para os associados dos sindicatos estaduais.

O programa vai reunir especialistas e lideranças que vão explicar o funcionamento dos benefícios e soluções apresentadas e de que forma podem ser utilizados pelo corretor de seguros para ampliar seus negócios ou qualificar-se ainda mais.

Na primeira edição, a grande novidade será a apresentação do site de buscas Seguro Com Corretor, uma valiosa ferramenta desenvolvida com toda a atenção e esmero para que os consumidores brasileiros possam entrar em contato com corretores de seguros plenamente qualificados –  associados ao Sincor – e prontos para atender às suas necessidades.

No mesmo programa, serão apresentados mais detalhes sobre o LGPDCOR, a melhor ferramenta disponível para que o corretor de seguros possa se adequar e atender aos dispositivos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) sem correr risco de punições ou de ações judiciais.

A edição também vai listar as vantagens de o corretor de seguros contratar o Seguro RC Corretor, desenvolvido para atender às suas necessidades específicas.

Por fim, será apresentada ainda a importância da Certificação Digital, inclusive como uma nova oportunidade de negócios para o corretor de seguros.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Evento reuniu empreendedores, lideranças e acadêmicos do setor do turismo de negócios e eventos do Brasil e de Portugal
Evento reuniu empreendedores, lideranças e acadêmicos do setor do turismo de negócios e eventos do Brasil e de Portugal
Crédito
Divulgação

O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, que é Diretor da CNC e responsável pelo Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Confederação (Cetur/CNC) participou do 1º Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios, no dia 23 de novembro. O evento foi realizado de forma virtual, entre os dias 23 e 25 de novembro, por uma iniciativa coletiva do Juiz de Fora Convention & Visitors Bureau, das federações dos Conventions & Visitors Bureaux dos Estados do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, da Universidade de Aveiro e da instância regional Turismo Centro de Portugal.

Com o objetivo de reunir empreendedores, lideranças e acadêmicos do setor do turismo de negócios e eventos do Brasil e de Portugal, o Fórum teve entre os temas debatidos: Sustentabilidade, Cooperação e Intercâmbio de Conhecimento.

Segundo o presidente da Federação, com a iniciativa, será possível discutir a sustentabilidade financeira e a cooperação associativa do setor, durante e após a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. “A ação é mais do que bem-vinda, pois fortalecerá o trade turístico com a parceria entre os países”, afirma Sampaio.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Comitê tem caráter consultivo e o mandato é de um ano com reuniões trimestrais
Comitê tem caráter consultivo e o mandato é de um ano com reuniões trimestrais
Crédito
Fecomércio-AL
Presidente da Federação-AL, Gilton Lima, representou a entidade por indicação da CNC no Condel/Sudene
Presidente da Fecomércio-AL, Gilton Lima, representou a entidade por indicação da CNC no Condel/Sudene

Por indicação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a Fecomércio-AL tomou assento no Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Condel/Sudene) e, no dia 2 de dezembro, participou da primeira reunião via web do comitê técnico, sendo representada pelo presidente da entidade, Gilton Lima.

O Condel tem como competências acompanhar e avaliar a execução do plano e dos programas regionais do Nordeste; determinar as medidas de ajustes necessárias ao cumprimento dos objetivos, diretrizes e metas do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste; além de criar comitês permanentes ou provisórios, fixando no ato de criação sua composição e suas competências, bem como extinguir comitês por ele criados.

O comitê técnico do Condel da Sudene tem caráter consultivo, e o mandato é de um ano com reuniões trimestrais, ou sempre que convocado por sua Presidência, mediante proposta da Diretoria Colegiada, pautando-se por seu regimento interno. A instância é composta por representantes do poder público, da sociedade civil, dos trabalhadores e pelas Confederações patronais – Confederação Nacional da Indústria (CNI), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
A ação vai beneficiar 1.392 pessoas de cerca de 340 famílias
A ação vai beneficiar 1.392 pessoas de cerca de 340 famílias
Crédito
Fecomércio-TO

No dia 30 de novembro, o Mesa Brasil Sesc Gurupi, unidade do Sesc Tocantins, em parceria com o Ministério Público do Trabalho realizou uma doação de 348 kits de higiene pessoal e limpeza.

A ação levou materiais de limpeza e higiene pessoal para 1.392 pessoas de mais de 340 famílias. O Mesa Brasil de Gurupi não recebe apenas alimentos, mas também doações de materiais de limpeza, higiene pessoal, além de luvas e máscaras nesta época de pandemia.

As oito instituições que serão beneficiadas são APAE de Natividade, Centro Espírita Bezerra de Menezes, Conselho Particular Santo Antônio de Gurupi, Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira em Gurupi (DASE), Núcleo da Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Gurupi, Sociedade São Vicente de Paulo, União Centro Oeste Brasileira da Igreja Adventista 7º Dia, Igreja Nossa Senhora Aparecida. Os kits de higiene pessoal e limpeza contêm quatro unidades de papel higiênico, sabão em pó, álcool líquido 70%, água sanitária, desinfetante, cinco sabões em barra, shampoo, quatro sabonetes e dois cremes dentais.

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Empresários sergipanos estiveram na cidade de Maceió, onde despacharam produtos dos mais variados tipos.
Empresários sergipanos estiveram na cidade de Maceió, onde despacharam produtos dos mais variados tipos.
Crédito
Fecomércio-SE

A Fecomércio-SE tem trabalhado processos que deem ganho para as empresas sergipanas, com produtos e serviços direcionados para o melhoramento dos negócios e a ampliação da atuação dos empreendedores locais, conquistando espaço nos mercados regional e internacional. Para ampliar a capacidade de geração de negócios, uma ação importante foi concretizada no fim de novembro, com o envio de produtos sergipanos para a China, realizado pelo Programa de Internacionalização de Negócios “Sua Empresa Mundo Afora”, desenvolvido pela Fecomércio-SE.

Empresários sergipanos estiveram na cidade de Maceió, onde despacharam produtos dos mais variados tipos. Entre eles, alimentos, cosméticos e bebidas. O programa da Fecomércio-SE conta com o suporte da Câmara de Negócios Internacionais de Alagoas (CNIA), coordenada pelo consultor de negócios internacionais da Fecomércio-SE, Luizandré Barreto, com perspectiva de abertura da Câmara de Negócios Internacionais de Sergipe em breve.

O envio dos produtos sergipanos foi acompanhado pelo presidente da Fecomércio-SE, Laércio Oliveira, que esteve em Maceió e visitou a Federação do Comércio de Alagoas, parceira da entidade sergipana na empreitada internacional. Laércio comentou a evolução dos negócios das empresas sergipanas, que estão fazendo um bom trabalho de comércio bilateral. Para ele, as empresas sergipanas têm grande potencialidade de mandar seus produtos para o mercado internacional.

“O caminho da exportação é um caminho que precisa ser bem visto, pois o mundo está globalizado e todos compram de todos. O empresário precisa pensar em expandir seus negócios vendendo para o mundo afora. O mercado internacional não é difícil, nem um negócio limitado às grandes empresas. Temos trabalhado para desmistificar esse pensamento, levando a realidade para nossas empresas participarem do comércio exterior, levando seus produtos para outros países. Temos produtos que são valorizados no mundo inteiro, então temos como vender para mercados consumidores de grande potencial”, afirmou Laércio Oliveira.

Os produtos das empresas sergipanas serão expostos no maior shopping de trading internacional chinês. A unidade é um grande centro de negócios que envolvem as empresas de todo o mundo, que exibem seus produtos para comercialização. 

13 A 14 nov 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Expectativa é de R$ 6,6 milhões em vendas no período da promoção
Expectativa é de R$ 6,6 milhões em vendas no período da promoção
Crédito
Divulgação

A Black Friday de 2020 deve movimentar R$ 6,6 milhões em Roraima. Segundo o economista Fábio Martinez, é o maior valor desde 2010. “Durante a pandemia, o comércio virtual se ampliou ainda mais aqui no Estado, sendo responsável pela maior parte da receita dos empresários, durante o período de restrições impostas pelas autoridades. Após a reabertura do comércio, as vendas continuaram crescendo, tanto virtualmente quanto presencialmente, e esse panorama projeta um aumento no crescimento do faturamento nesta data de promoções”, destacou o assessor econômico da Fecomércio-RR.

Para o presidente da Fecomércio-RR, Ademir dos Santos, “2020 foi um ano muito difícil para o comércio em todo o mundo e em Roraima não foi diferente. O auxílio emergencial deu um ânimo para o setor, e com a reabertura da economia foi possível sentir uma aquecida nas vendas. No fim do ano, com a Black Friday e o Natal, as vendas devem aumentar ainda mais e, com isso, aumentar também a expectativa dos empresários roraimenses”