11 December, 2015

CNC apresenta projetos de 2015 e ações para 2016

Crédito: Ascom/PV

Adicionar aos meus Itens 

Assessores da CNC apresentaram, nos dias 8 e 9 de dezembro, ações de 2015 e projeções para 2016 relacionadas aos seis eixos de atuação das entidades sindicais: Relações Sindicais, Atuação Legislativa, Atuação Gerencial, Produtos e Serviços, Comunicação e Representação. A apresentação foi realizada durante o VIII Encontro de Executivos das Federações, que teve também a participação dos multiplicadores do Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs).

Veja como foi cada um:

Eixo Atuação Gerencial

Fernando Gonzalez, da Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) da Confederação, elencou os sistemas de informação que suportam os eixos já entregues pela área, como, por exemplo, as novas funcionalidades do Sistema Renalegis.

Já Rodrigo Wepster, do Departamento de Planejamento da CNC, falou sobre a evolução dos trabalhos em planejamento de 2015, citando a reestruturação do Sistema de Excelência em Gestão Sindical, no início do ano, a realização de relatórios gerenciais com base no Sistema de Gestão de Desempenho (SGD) e a gestão estratégica de trabalhos envolvendo os multiplicadores do Segs.

Wepster também falou sobre a atuação das Câmaras Brasileiras de Comércio, que em 2015 passou a integrar o Deplan/CNC. Foram 18 reuniões das câmaras setoriais, com 81 proposições gerenciadas. Ele também citou a criação do Informe Câmaras, um informativo especial com o relato das reuniões e principais pontos discutidos enviado para os integrantes e públicos de interesse.

Eixo Representações

Cristiano Costa, da Assessoria de Gestão das Representações (AGR) da CNC, mostrou resultados das ações de representação realizadas pela entidade ao longo do ano. Foram 237 representações permanentes e 102 eventuais.

Entre as ações promovidas pela AGR estão a criação do Comitê de Projetos da Rede Nacional de Representações do Sistema Confederativo do Comércio (Renar), além do desenvolvimento do projeto do Sistema Renar; o lançamento da Rede CNC, uma rede social corporativa para integrar os representantes (que será gradativamente expandida para as demais áreas da CNC; e a assinatura do Acordo Setorial para logística reversa de embalagens, entre outras ações com foco no meio ambiente desenvolvidas no âmbito do Grupo Técnico de Trabalho sobre o tema (GTT-MA).

No ano que vem, a AGR, entre outras ações, pretende dar continuidade às ações de capacitação dos representantes e de multiplicadores nos Estados, com o objetivo de prepará-los para representações socioambientais. Também está prevista a assinatura de mais um acordo setorial para logística reversa, desta vez para eletrônicos.

O diretor da CNC Alexandre Sampaio, presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Confederação, abordou a representação no setor de turismo.

Para 2016 serão ampliadas as relações político-institucionais, com a promoção de debates com as lideranças empresariais do setor e a atuação estratégica para fortalecer a representatividade sindical, entre outras ações.

Eixo Atuação Legislativa

Representando a Assessoria Legislativa (Apel) da CNC, Ênio Zampieri falou sobre a atuação da Rede Nacional de Assessorias Legislativas do Sistema CNC-Sesc-Senac (Renalegis) em 2015 e do início da implantação do Sistema Renalegis. Segundo ele, 51% das entidades contempladas já iniciaram a implantação.

Ênio Zampieri também destacou a análise de mais de 5.800 proposições novas no Congresso Nacional, sendo 1.203 de interesse do comércio de bens, serviços e turismo. Além disso, o assessor Legislativo da CNC relembrou a atuação do Grupo de Trabalho sobre o Código Comercial.

A implantação da Renalegis nos Estados, replicando o modelo da CNC nesses âmbitos, é um dos projetos para 2016, assim como a criação de novos grupos de trabalho para estudar temas de impacto no comércio, como a reformulação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Eixo Comunicação

A chefe da Assessoria de Comunicação (Ascom) da CNC, Cristina Calmon, apresentou as iniciativas da Confederação nesse âmbito em 2015. Foram realizados dois Encontros de Assessores de Comunicação do Sistema Comércio, com foco no planejamento e no alinhamento das ações que possibilitem o fortalecimento das entidades.

Os assessores da Ascom Luciana Neto e Marcelo Vital também apresentaram as ações de 2015 envolvendo os projetos Sites de Federações e Sindicatos e Marketing Associativo, este último com o início das adesões por parte das entidades já em janeiro de 2016.

As ações previstas para o ano que vem são: uma pesquisa de imagem sobre a Confederação, que poderá ser a base de novas campanhas institucionais nacionais; um banco de imagens do Sistema CNC-Sesc-Senac que ajude a preservar a memória das entidades e auxilie na criação de peças e campanhas; um grupo de trabalho para discutir a gestão de marca das entidades do Sistema; e um Planejamento de Comunicação de Crise que se estenda a federações e sindicatos.

Eixo Produtos e Serviços

Leonardo Fonseca, do Departamento de Planejamento (Deplan) da CNC, apresentou as inovações nos produtos e serviços oferecidos pela entidade em 2015. O assessor afirmou que foi realizado um mapeamento do que já era feito, além de um benchmarking em empresas e entidades similares. Posteriormente, foi feita uma análise criteriosa sobre pontos positivos e pontos a melhorar em relação a esses produtos e serviços.

Para 2016 estão previstas ações para levar empresas do comércio a aderir ao comércio eletrônico, realizadas em parceria com a Câmara Brasileira de Tecnologia da Informação (CBTI); parcerias com companhias aéreas para organização de missões empresariais; e a prospecção de novos produtos e serviços.

Também deve ser ampliado o escopo das pesquisas econômicas realizadas pela CNC. O economista Fabio Bentes apresentou o projeto de disponibilizar, de forma organizada, dados específicos sobre os segmentos econômicos representados pela Confederação, além de atualizar as atuais pesquisas.

Por fim, Leonardo Fonseca apresentou o Portal de Assinaturas CNC/Certisign, que vai possibilitar a assinatura conjunta de documentos on-line, com certificação digital e validade jurídica.

Eixo Relações Sindicais

Os advogados da Divisão Sindical da CNC Alain Mac Gregor e Roberto Lopes apresentaram as principais ações sobre o eixo Relações Sindicais em 2015. Mac Gregor relembrou o sucesso do Congresso Nacional do Sicomércio 2015, com adesão recorde de participantes e a exposição dos produtos e serviços da CNC, além de todo o intercâmbio de informações ao qual os sindicalistas tiveram acesso.

O advogado falou também da implantação do Banco de Dados da Contribuição Sindical (BDCS), projeto desenvolvido em parceria com a Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) da CNC. Atualmente, o BDCS já foi implantado em 19 federações, e outras oito devem ter a implantação em 2016.

Já Roberto Lopes apresentou o Sistema de Negociação Coletiva do Comércio (SNCC), que congrega cláusulas de negociação coletiva de todo o País, facilitando o trabalho dos negociadores de sindicatos patronais.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.