21 August, 2015

CNC promove treinamento do Banco de Dados da Contribuição Sindical em Sergipe

CNC promove treinamento do Banco de Dados da Contribuição Sindical em Sergipe

Crédito: Marcio Rocha

CNC promove treinamento do Banco de Dados da Contribuição Sindical em Sergipe

Adicionar aos meus Itens 

Com o objetivo de facilitar o processo de arrecadação das contribuições sindicais, dando agilidade, praticidade e eficácia na realização dos serviços de sustentação do sistema sindical, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) enviou para Sergipe dois representantes para fazer o treinamento de uso do novo software do Banco de Dados da Contribuição Sindical (BDCS), e apresentar a ferramenta como meio de facilitação do processo arrecadatório.

O treinamento foi realizado na Fecomércio-SE, nos dias 19, 20 e 21 de agosto pela Equipe de Trabalho do BDCS, composta pelos membros da Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) e da Divisão Sindical (DS) da CNC, Daniel Gabriel e Marcio Motta, respectivamente, com a participação dos representantes de todos os sindicatos filiados à Fecomércio-SE e ligados à Confederação.

O novo software impede a ocorrência de falhas no envio das guias de contribuição, dando mais modernidade e gerencia o processo por meio de cruzamento de dados das empresas, com a finalidade de depurar as informações e garantir que todas as empresas possam efetuar seus pagamentos sem que ocorram problemas. A ferramenta da CNC também promove o acompanhamento e monitoramento dos dados para emissão das guias sindicais.

A iniciativa de trazer a nova ferramenta do BDCS para Sergipe partiu do presidente da Fecomércio-SE, Laércio Oliveira, que visualizou a possibilidade de promover as facilidades para os sindicatos conseguiram ampliar sua arrecadação. Laércio destacou que o BDCS fortalece a atuação da Fecomércio e da CNC como entidade representativa de classe, impulsionando o trabalho das federações e sindicatos. Para o superintendente da Fecomércio-SE, Alexandre Wendel, o sistema promove a integração das empresas com os sindicatos, federação e com a CNC, dando mais estabilidade para todo o Sistema Comércio. “É uma ferramenta muito importante para o empresário, para o sindicato e para todo o sistema, pois facilita o trabalho das federações em todo o seu contexto. Isso promoverá a baixa nos custos do processo arrecadatório, além de nos dar mais controle financeiro das entradas promovidas pela contribuição. O Sistema Comércio ganha em agilidade, comunicação integrada e credibilidade com os sindicatos e as empresas. Essa iniciativa da CNC é muito importante para a sustentabilidade do Sicomércio”, destacou.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.