1 February, 2017

Criação do Conselho Executivo do Estudo de IoT prevê modernização no comércio

Crédito: CNC

Internet das Coisas - IoT

Adicionar aos meus Itens 

No dia 26 de janeiro de 2017, em Brasília, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) foi representada pelo presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Fecomércio-SP, Renato Opice Blum, e pelo assessor técnico Cristiano Costa, da Assessoria de Gestão das Representações na 1ª reunião do Conselho Executivo do Estudo de IoT (Internet of Things, em português, Internet das Coisas), na sede do BNDES.

O conceito de Internet das Coisas é de 1999 e refere-se a uma revolução tecnológica que tem como objetivo conectar os itens usados no dia a dia à rede mundial de computadores, permitindo monitoramento e gerenciamento desses dispositivos via software para aumentar a eficiência de sistemas e processos, habilitar novos serviços, modernizar as relações comerciais e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Estima-se que até o ano de 2020, existirão 34 bilhões de dispositivos, em todo o mundo, conectados à internet, e isso deve demandar um investimento, entre 2015 e 2020, de US$ 6 trilhões, que gerarão retorno de US$ 12,6 trilhões na década compreendida entre 2015-2025.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estabeleceram convênio para apoiar a realização de um estudo de IoT, através do Fundo de Estruturação de Projetos (FEP). Tal estudo tem como objetivo realizar um diagnóstico e propor políticas públicas no tema, estimulando a cooperação e articulação entre empresas, poder público, universidades e centros de pesquisa.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.