2 October, 2017

Negociação é fundamental para a defesa de interesses

Maurício Tanabe abordou competências que envolvem a ação de negociar, entre outr

Crédito: Christina Bocayuva

Maurício Tanabe abordou competências que envolvem a ação de negociar, entre outros assuntos

Profissionalizar o ato de representar e capacitar os representantes do Sistema CNC-Sesc-Senac. Com esses objetivos, a Assessoria de Gestão das Representações (AGR) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) realizou o Workshop de Negociação Estratégica, no dia 28 de setembro, no Rio de Janeiro.

A chefe do Gabinete da Presidência da CNC, Lenoura Schmidt, realizou a abertura, destacando o importante papel da Representação para o Sistema. “Estamos aqui para ter um aprendizado mais aprimorado, mas também para discutir e poder trocar as experiências. Tenho muito prazer em ver esse auditório tão repleto, com tantas pessoas que defendem o nosso Sistema com muita garra, confiança e, sobretudo, comprometimento”, afirmou Lenoura Schmidt. Os consultores da CNC Ernane Galvêas e Bernardo Cabral também prestigiaram a abertura do Encontro.

Wany Pasquarelli, chefe da AGR/CNC, agradeceu a confiança depositada no trabalho da AGR e enfatizou que, em cenário de modelo corporativista de representação política, defender interesses requer maior qualificação e profissionalização da atividade. Ela também destacou a parceria com os departamentos nacionais do Sesc e do Senac, com uma atuação integrada e atuante para alcançar resultados favoráveis para o Setor.

O workshop foi conduzido pelo professor Maurício Tanabe, mestre em Gestão Empresarial da Fundação Getulio Vargas e especialista em Negociações Complexas pela Harward Law School. Ele abordou, durante todo o dia, o conceito de negociação, as competências que envolvem a ação de negociar e outros assuntos, como o planejamento, criação de valor e de estratégias de negociação.

Segundo o professor, pessoas com melhores habilidades de comunicação tendem a ser melhores negociadoras. “A negociação é um processo de comunicação. Não é o que falamos que conta e sim como somos compreendidos pelas outras pessoas”, afirmou Tanabe, que ressaltou também que, com um bom treinamento, todos podem se tornar bons negociadores.

Para Tanabe, durante o processo de negociação, é fundamental buscar o equilíbrio de forças e democratizar o conhecimento, tentando fazer o que for mais satisfatório. “O bom acordo é quando ambas as partes saem com a sensação de satisfação, mesmo se uma delas sai ganhando um pouco menos. Satisfação nesse caso vai depender do indicador pelo qual ela está sendo avaliada, mas se a negociação foi ética, sustentável e equilibrada, certamente terá sido satisfatória”, completou.

 

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.