16 April, 2014

Seminário debate o uso da certificação digital no comércio

Miguel Nicoletti, assessor da GPE: certificado digital  garante autenticidade às

Crédito: Divulgação/ITI

Miguel Nicoletti, assessor da GPE: certificado digital garante autenticidade às transações on-line

O assessor da Gerência de Programas Externos (GPE) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) Miguel Nicoletti foi um dos palestrantes do II Seminário Nacional de Certificação Digital, promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (Abrid), em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). O evento foi realizado em 10 de abril, em São Paulo.

Miguel abordou o uso da certificação digital no comércio de bens, serviços e turismo. Segundo o assessor, A CNC vem acompanhando a utilização da assinatura digital por conta do crescente aumento dos consumidores on-line no Brasil. “Em 2013, foram mais de 51 milhões de e-consumidores, além do faturamento do e-commerce, que já é de mais de R$ 28 bilhões. Com isso, também têm crescido os crimes on-line. Já são mais de 350 mil incidentes reportados ao Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil”, afirmou Nicoletti.

O certificado digital adota mecanismos de segurança capazes de garantir autenticidade, confidencialidade, integridade, e não repúdio às informações eletrônicas. “Dessa forma, o certificado digital identifica quem somos para as pessoas e para os sistemas de informação”, continuou.

Atualmente, algumas das principais aplicações da esfera governamental que utilizam o certificado digital no comércio são o Conectividade Social – canal eletrônico da Caixa Econômica Federal para transmissão de dados do FGTS; o centro virtual de atendimento ao contribuinte da Receita Federal do Brasil, fornecendo consulta a diversos serviços; e a Nota Fiscal eletrônica. Além disso, o eSocial – sistema que o governo pretende implantar para a transmissão de dados trabalhistas – também vai utilizar a certificação digital.

“A CNC tem atuado em várias ações em todos os Estados brasileiros, com palestras sobre certificação digital, participação em fóruns empresariais que discutem a tecnologia e treinamentos operacionais das aplicações da esfera governamental. Além disso, temos federações do comércio e nacionais atuando como Autoridades de Registro na comercialização de certificados digitais. E ainda a elaboração da cartilha sobre o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), que auxilia empresários, administradores e contadores no entendimento dos impactos do Sped no dia a dia empresarial”, finalizou Nicoletti.

O Seminário também teve palestras que discutiram outros usos da certificação digital, como em hospitais, indústrias e serviços públicos, além de apresentar melhorias como redução de custos e aumento da segurança nas ações. Para saber mais sobre os outros conteúdos do evento, clique aqui.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.