6 junho, 2017

Fecomércio-MT se reúne com senadores para tratar da reforma trabalhista

Adicionar aos meus Itens 

A Fecomércio-MT promoveu, dia 5 de junho, um encontro com lideranças empresariais do comércio e os senadores Cidinho Santos (PR) e José Medeiros (PSD). A reunião, realizada na sede da Federação, teve o objetivo de fortalecer o posicionamento da entidade máxima do comércio no Estado quanto à aprovação da reforma trabalhista. O Projeto de Lei (PL) nº 6.787/16, do Poder Executivo, que trata do assunto, já foi aprovado na Câmara dos Deputados e deve ser votado no Senado Federal.

“Existe ainda muita falta de informação da sociedade sobre os pontos que serão alterados, porém é preciso deixar claro que nenhum direito trabalhista será revogado. Ao contrário, a reforma vai proporcionar uma atualização das relações trabalhistas, de modo que todos vão sair ganhando”, disse o presidente da Federação, Hermes Martins.

O senador Cidinho Santos (PR) fez questão de destacar que o voto dos três senadores de Mato Grosso é favorável à aprovação. “Essa reforma vai proporcionar segurança jurídica entre patrão e empregado, fortalecendo o fomento ao emprego e renda e contribuindo para o crescimento da economia. Por isso, os senadores da bancada de Mato Grosso vão votar pela aprovação da reforma”, disse o parlamentar. José Medeiros (PSD) disse que é necessário o esclarecimento popular sobre o que muda com a reforma. “É muito importante que instituições representativas como a Fecomércio tragam para si esse debate. Nós somos a favor porque a reforma vai atualizar alguns pontos que acabavam por prejudicar tanto empregado quanto empregador”, disse o senador.

O assessor legislativo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) Reiner Leite participou da reunião e reforçou que a reforma não possui nenhum dispositivo que suprime os direitos dos trabalhadores. “Muito pelo contrário, ela permeia e prestigia o acordo coletivo estabelecido na OIT, em relação, inclusive, ao legislado. A CNC entende que a matéria deve prosperar no Congresso Nacional para que a economia do País e geração de emprego e renda venha prevalecer com um ambiente de negócios cada vez mais favorável”, frisou.

 

 

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.