29 October, 2018

Fecomércio-RJ promove seminário pioneiro de gestão sindical

Primeiro módulo do programa foi aberto por José Pastore

Crédito: Alexandre Maciera

Primeiro módulo do programa foi aberto por José Pastore

A Fecomércio-RJ, em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), iniciou no dia 17 de outubro o Programa de Desenvolvimento para Dirigentes Sindicais (ProSind), projeto pioneiro da entidade para o desenvolvimento e qualificação voltado para dirigentes sindicais de todo o Estado. Os seminários abordam os mais modernos modelos de gestão para a estrutura sindical brasileira. 

A cerimônia de abertura, na sede da Federação, no Rio de Janeiro, contou com a presença do vice-presidente da Confederação e interventor do Sesc-Senac-RJ, Luiz Gastão Bittencourt, e do presidente da Fecomércio-RJ, Antônio Florêncio de Queiroz Júnior. "O ProSind representa o alinhamento para fortalecer as entidades sindicais, especialmente em um momento que precisam se reinventar. O programa foi desenvolvido para orientar e motivar uma maior oferta de serviços por parte dos sindicatos de nossa base para as empresas associadas, fortalecendo assim sua proximidade e parceria", destacou o presidente da Federação carioca. 

Relações do Trabalho

O primeiro módulo do programa foi aberto por José Pastore, consultor da CNC, professor da USP e um dos maiores especialistas do País em relações do trabalho. Pastore falou a respeito da organização sindical e destacou a importância dos sindicatos patronais se adaptarem às novas regras trabalhistas. "Os sindicatos e empresas devem estar bem informados para saber usar a nova lei, que abriu um espaço extraordinário para a negociação. É fundamental para o sindicato patronal ter um protagonismo, difundindo bem as informações e ajudando as empresas a fazerem negociações, com trocas que gerem ganho de produtividade. E é preciso preparar os profissionais que atuam nesta área de negociação, especialmente os profissionais de recursos humanos e os contadores. Além disso, deve se alinhar o posicionamento com a Federação e com a CNC. Será necessário organizar, planejar e executar esse trabalho daqui para frente, com certeza de que o Brasil será um país melhor, se trilharmos este caminho", afirmou Pastore. 

O papel dos sindicatos

Na segunda parte do evento, a advogada da Divisão Sindical da Confederação Lidiane Nogueira trouxe um novo olhar sobre assuntos como organização, enquadramento e contribuições sindicais. Ela dividiu o palco com o vice-presidente da Fecomércio-SP, Ivo Dall'Acqua Júnior, especialista em relações trabalhistas. Juntos, eles apresentaram as principais mudanças na legislação e responderam a perguntas e dúvidas dos presentes. 

O programa contará com mais dois módulos, nos dias 5 e 12 de novembro, quando serão abordados temas como negociação coletiva, produtos e serviços e reforma trabalhista, entre outros, a fim de fortalecer a relação dos sindicatos com as empresas associadas. Todos os eventos são gratuitos.

 

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.