12 December, 2017

Conselho Nacional de Turismo debate atuação de Câmaras Temáticas

foto de Alexandre Sampaio, Eraldo Alves e Antonio Henrique Borges sentados

Alexandre Sampaio, Eraldo Alves e Antonio Henrique Borges representam o Sistema Comércio no Conselho Nacional de Turismo/MTur

A 50° reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT), realizada no dia 5 de dezembro, em Brasília, reativou as Câmaras Temáticas de Regionalização e de Legislação, além de ter criado uma nova Câmara Temática destinada à reformulação do próprio Conselho. Outro enfoque da reunião foram as atualizações sobre o andamento das Câmaras Temáticas já existentes, Qualificação Profissional, Turismo Responsável e Plano Nacional do Turismo. Ao todo, o CNT/MTur passa a contar com seis Câmaras Temáticas em funcionamento.

CNC apresenta diretrizes para turismo social

Como resultado do trabalho realizado à frente da Câmara Temática de Turismo Responsável, o secretário executivo do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Cetur/CNC), Eraldo Alves da Cruz, apresentou propostas das diretrizes definidas para o turismo social, que busca o acesso universal dos vários segmentos da população ao mercado de viagens.

Eraldo Cruz observou que a Câmara de Turismo Responsável abrange questões sociais, de acessibilidade, sustentabilidade e outros temas, e o grupo optou por inicialmente enfatizar suas atividades no turismo social. “Pautamos nosso trabalho em um documento intitulado Diretrizes para a Câmara Temática do Grupo de Turismo Social, um documento elaborado com a expertise do principal incentivador do turismo social no País, o Sesc Nacional, que atua com a missão de promover o acesso ao turismoe também a inclusão por meio das atividades do segmento.” O objetivo principal das diretrizes elaboradas pela Câmara de Turismo Responsável, segundo o secretário executivo do Cetur/CNC, é “aumentar a acesso dos brasileiros às passagens aéreas e fortalecer o turismo interno, tornando o turismo social parte importante desse processo.”

Avanços na Câmara do Plano Nacional do Turismo

O presidente da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Alexandre Sampaio, que também preside o Cetur/CNC, agradeceu o esforço das entidades que participam da Câmara Temática do Plano Nacional de Turismo, coordenada por ele, e afirmou que, apesar das dificuldades de desenhar um plano para políticas nacionais de 2018 a 2022, o trabalho realizado pelo CNT/MTur deixará um grande legado para o trade. “As relações comerciais do nosso segmento são tão dinâmicas que se torna desafiador pensar anos à frente. Ainda assim, realizamos um diagnóstico dos principais problemas a serem resolvidos. A partir daí teremos uma boa percepção de como abordá-los”, disse.

Mtur pede união para aprovação das pautas do setor

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, ressaltou a importância da união das entidades do CNT para dar andamento às pautas de interesse do setor no Congresso Nacional. “O papel de abrir os olhos dos líderes partidários para a importância do turismo é muito importante. Nosso segmento não pode ser considerado tema do governo de situação ou de oposição, porque é um tema de relevância nacional”, afirmou.

Na mesma linha do ministro, o diretor de relações institucionais do Departamento Nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Antonio Henrique Borges Paula, ressaltou a importância de dar sequencia às demandas do turismo como políticas de estado e não de governo, a partir da “criação de um modelo de governança imune a questões político-partidárias, com diretrizes básicas baseadas em estudos que possibilitem o avanço do turismo.”

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, corroborou o pedido de união do trade pela aprovação das pautas em tramitação no Congresso. "O turismo pode fazer muito mais pelo Brasil, mas precisamos ter mais condições e mais liberdade para trabalhar. Não vejo muitas perspectivas se não conseguirmos avançar com as mudanças sugeridas", destacou Lummertz.

Participaram da reunião os deputados Paulo Azi (DEM-BA), presidente da Comissão de Turismo da Câmara; Herculano Passos (PSD-SP), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo (Frentur); e João Paulo Papa (PSDB-SP), além de dirigentes das entidades do trade turístico brasileiro e de representantes do governo.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.