6 December, 2018

Sistema Comércio é destaque no Prêmio Nacional do Turismo

Vinicius Lummertz, ministro do Turismo, com José Roberto Tadros e Guilherme Alco

Crédito: Roberto Castro/MTur

Vinicius Lummertz, ministro do Turismo, com José Roberto Tadros e Guilherme Alcorta

Iniciativas do Sistema Comércio tiveram destaque na primeira edição do Prêmio Nacional do Turismo do Ministério do Turismo (MTur) que aconteceu em 5 de dezembro, na Fundação Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O Prêmio reconheceu 12 iniciativas, cases de sucesso, profissionais e personalidades que inovaram e contribuíram para o fortalecimento e desenvolvimento do mercado de viagens e turismo no País. O evento também reuniu e homenageou líderes do setor e teve como anfitriões o atual ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, e seu sucessor, o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio de Carvalho (PSL-MG), indicado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para a pasta do Turismo.

O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros e o presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da Confederação, Alexandre Sampaio, receberam menção honrosa como líderes do turismo. As medalhas foram concedidas a personalidades indicadas pelo ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

“O trade de turismo desenvolve um trabalho fantástico pelo mundo, vendendo o País e desenvolvendo essa que é uma potencialidade brasileira”, afirmou o presidente da CNC, que falou ainda sobre as premiações recebidas por Sesc, Senac e Sebrae. Tadros foi aplaudido ao defender a importância do trabalho realizado pelas entidades do Sistema S. “O Sistema S do comércio se apresentou hoje como um dos protagonistas de incentivo ao turismo e suas potencialidades. É importante pensar no papel de desenvolvimento do Sistema S, que é criticado e combatido, mas não se conhece em profundidade os serviços prestados ao Brasil e não se avalia os custos e benefícios desse trabalho”, defendeu José Roberto Tadros.

Premiações de Sesc e Senac

O Departamento Nacional do Sesc foi premiado com o 2º lugar na categoria Turismo Social, com a iniciativa “Capacitação em Roteiros Inovadores para Turismo Social”. O prêmio foi recebido pelo vice-presidente Administrativo da CNC, Luiz Gastão Bittencourt.

Luiz Gastão Bittencourt recebe o prêmio pelo Sesc-DN (Foto: Roberto Castro)

Já o Senac-RN obteve a 1ª colocação na categoria Qualificação e Formalização, pelo “Projeto Verena”, fruto de parceria entre o Sistema Fecomércio-RN e o estado alemão da Renânia-Palatinado, para promover o intercâmbio de conhecimentos no setor e assim contribuir com a implementação de novas tecnologias e com o desenvolvimento do turismo potiguar. O presidente do Sistema Fecomércio-RN e diretor Administrativo da CNC, Marcelo Queiroz, recebeu o prêmio. “A troca de experiências e informações nos permitiu realizar esse projeto no Rio Grande do Norte acompanhando e incentivando o desenvolvimento do turismo no estado”, afirmou.

Marcelo Queiroz recebe o prêmio em nome do Senac-RN (foto: Roberto Castro)

Empresários movem o turismo

“Nada é tão forte quanto uma ideia que o tempo chegou”, declarou Lummertz, parafraseando o escritor francês Victor Hugo, ao comemorar a permanência de um ministério independente para o turismo que, segundo ele, pode ser a nova frente de desenvolvimento do País. “Não há porque temer o desemprego porque o turismo proverá. Nem a tecnologia tira empregos, no turismo ela gera empregos”, destacou.

Entre as demais lideranças homenageadas na noite de premiação estava Walfrido dos Mares Guia, o primeiro a chefiar um Ministério do Turismo no Brasil. Walfrido destacou o papel central da cadeia produtiva para o desenvolvimento do Turismo. “Os empresários, todos eles, não importa a categoria, são formadores da riqueza nacional. O governo não faz turismo, o governo prepara o campo através de políticas públicas e de incentivo e divulgação da imagem do País aqui e no exterior, para que os empresários façam as coisas acontecerem”, afirmou.

Ao falar sobre o futuro do setor, o sócio fundador da CVC Guilherme Paulus destacou que existe espaço para o crescimento das atividades ligadas ao turismo. “O Brasil precisa trabalhar um pouco mais e acreditar mais. Quem tem que fazer o futuro e realizar somos nós, os empresários. Temos que ajudar o governo e o Brasil a crescer”, destacou Paulus.

O futuro ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, afirmou que a manutenção da pasta do demonstra um entendimento do novo governo de que o setor está no centro da agenda econômica. Ele parabenizou a iniciativa do Prêmio e se comprometeu a mantê-la enquanto estiver à frente do ministério do Turismo. “Estamos no momento de encerrar o ciclo de instabilidade e iniciar um futuro próspero, com o turismo sendo debatido pelo governo com o apoio dos empresários. Eu tenho a plena convicção que o nosso setor será a mola propulsora da retomada da economia, gerando emprego e renda para milhões de pessoas”, disse o sucessor de Lummertz.

O ex-ministro do turismo, Marx Beltrão, também homenageado como liderança do setor, disse que, se pudesse dar um conselho ao futuro ministro Marcelo Álvaro Antonio, diria: “Ouça o Conselho Nacional de Turismo e deixe os empresários trabalharem, porque o nosso trabalho gera emprego e renda", concluiu.

Sobre o prêmio

O 1º Prêmio Nacional do Turismo tem por objetivo identificar, reconhecer, premiar e disseminar iniciativas, práticas inovadoras e casos de sucesso relacionados aos setores público e privado e ao terceiro setor do turismo brasileiro. Além de projetos, foram condecorados também profissionais que tenham atuado de maneira criativa, inovadora e proativa em prol do desenvolvimento do turismo no País.

Entre os profissionais, a seleção dos vencedores foi feita por meio de votação popular. Nas iniciativas de sucesso, 241 projetos foram inscritos nas categorias: Monitoramento e Avaliação do Turismo; Qualificação e Formalização no Turismo; Valorização do Patrimônio pelo Turismo; Turismo de Base Local e Produção Associada ao Turismo; Turismo Social; Inovação Tecnológica no Turismo; Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.